Sábado, 14.04.12

O tempo passa tão rápido
que por vezes olhamos para trás pensamos "Tantos anos? Não pode ser!"

A 7 de Maio de 2007
entrei para o curso de Geriatria que durou 18 meses.

Nesses 18 meses além de
aprender imenso, o que contribuiu para ser a boa profissional que sou (tão
modesta que sou), também tive o prazer de conhecer 17 pessoas.

Pessoas com feitios
diferentes, maneiras de estar diferentes, maneiras diferentes de querer
aprender, mas que contribuíram para eu evoluir como pessoa.

Claro que houve pessoas
que me marcaram mais do que outras, mas todas elas foram importantes.

A Alice foi uma das que
mais me marcou e creio que a todas, incluindo formadores. Era com ela que eu ia
e vinha nos transportes públicos, era a ela que dava uns “puxões de
orelhas" (muitos), e foi a ela que apoiei quando sofreu de violência
domestica. Houve alturas que vivia mais a vida dela do que a minha e alturas em
que temi pela sua vida (e pela minha). Uma das muitas situações que me marcaram
foi quando recebeu uma mensagem do Ex. marido a dizer que se ia matar, junto
com o filho menor(estávamos nas aulas). Nem pensei duas vezes, peguei nela e
fomos à polícia. Nunca tinha entrado numa esquadra muito menos para fazer uma
queixa.

Sempre que ouvia
histórias de mulheres que denunciavam os maridos e que diziam que a polícia não
fazia nada, achava que estavam a exagerar.

Naquele dia vivi eu
mesmo essa situação. Estava tão indignada quando o polícia referiu que nada
poderia fazer a não ser registar a queixa

e aguardar que o juiz
mandasse chamar os dois intervenientes, que lhe disse " Não acha que nessa
altura pode ser tarde?"

Segundo ele, só o
poderiam prender se fosse apanhado em flagrante delito. Ora ai estava algo
impossível, já que os actos de violência eram cometidos dentro da sua própria
casa.

Era tão grave a situação
que uma das formadoras propôs ajudar e segundo ela a maneira mais segura era
pegar no filho e ir para um abrigo de mulheres vítimas de violência domestica.

Não aceitou fugir mas
felizmente está viva.

A sua história de vida é
comovente e muito triste...adoraria que a sua vida se transformasse e que fosse
feliz.

Para comemorar o
aniversário da turma vamos fazer um jantar.

E quem ficou incumbida
de o organizar?

Pois, aqui à
"Je".

Não tivesse sido eu a
delegada de turma!

Já sei que vou andar
ansiosa e stressada com a organização, mas o importante é que vamos ter
oportunidade de estarmos juntas para contar as novidades.


tags:

publicado por momentosdisparatados às 17:46 | link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito


mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Aniversario da turma de G...

arquivos

Abril 2016

Março 2016

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

tags

2011

2013

a19

abandono

aftas

água

ait

amor

aniversario

aniversário de casamento

aniversario do estaminé

aniversario mãe

anivesário

anivesario

anulação do cartão

arrábida

arrabida

arrendar

artrite reumatóide

aspirina

assalto

assedio

aveiro

avô metralha

banco

batalha

bebés

bijutarias

bipolar

blog

bolinhos

bolo

bookcrossing

bruxo

cabelo

camioneta

campanha

cardiologista

carro

carta

cartão alimentação.

cartão decredito

cartões de credito

casa

cavalete

centro saude

chanel

cheque

cidade

cidade do porto

cigana

cintigrafia

clube da amizade

consulta

deco

destino

divorcios

edp

elaine st. james

electricidade

endoscopia

engano

escapadinhas

exames medicos

ferias

férias

filha

filho

gato

gatos

governo

hospital

idosos

impostos

inspira-me

irs

livros

medicação

medico

medo

milka

mudança

multa

natal

ovelhas

pai

pais

passeio

porto

poupar

republica dominicana

saúde

sinal

sintra

tiróide

trabalho

tunísia

velhotes

vida

vizinhos

todas as tags

favoritos

Vamos, então, por partes

Leilão de eletricidade

Lilica - Cadela solidária

Como fazer novas amizades...

blogs SAPO
subscrever feeds