Segunda-feira, 06.02.12

 

Este assunto http://momentosdisparatados.blogs.sapo.pt/7169.html está tratado, ou melhor ainda me encontro à espera do reembolso, mas pelo menos deram-me resposta Agora falta tratar do cartão de crédito que aqui http://momentosdisparatados.blogs.sapo.pt/6362.html falei.

Durante anos não tivemos nenhum cartão de credito, mas numa dada altura o meu marido teve um acidente com o carro e precisamos de carro de substituição. Depois de tudo tratado com o seguro, lá nos disseram onde nos devíamos deslocar para ir buscar o carro. Como o meu marido não tinha sido o culpado do acidente achei que era apenas chegar e trazer o carro. Afinal não era assim tão simples.

Pediram-nos o número do cartão de credito, se bem me lembro, pois já foi há cerca de 13 anos era tipo caução...uma segurança para a empresa que emprestava o carro.

O que é certo é que não tínhamos nenhum e por mais que "puxe" pela cabeça não sei como resolvemos o problema. Acabamos por ter o carro o tempo suficiente até o nosso estar arranjado.

Esta situação fez-nos decidir tratar de arranjar um desses cartões. Lembro-me que passado algum tempo e por coincidência fomos abordados num centro comercial para aderir a um determinado cartão. Assim foi e durante anos apesar de não usarmos com frequência quando o usávamos nunca tivemos problemas

Para mim o único problema era a anuidade, apesar de não ser muito, sempre que chegava a Janeiro lá vinha essa conta.

Passado vários anos recebemos uma carta de outra Instituição bancária a comunicar que tinham comprado a antiga Instituição mas que tudo ficaria na mesma e que entretanto mandariam os novos cartões.

Os novos cartões chegaram assim como os novos códigos e as informações para serem activados. Logo ali, não gostei nada, pois tínhamos de ser nós a telefonar o que queria dizer...gastar dinheiro.

Os cartões foram activados e segundo eles tudo estaria a funcionar.

Na altura do Natal decidi utilizar o meu para comprar a prenda do meu marido. Não queria utilizar a nossa conta, pois ia ser uma surpresa e apesar do dinheiro ser dos dois, pelo menos ia demorar umas semanas até saber que eu já lhe tinha comprado a prenda. Quer dizer...assim queria eu!

Marquei OK OK e nada, tentei novamente e nada. Marquei o código e nada. Acabei por ter de utilizar o cartão de debito da nossa conta.

Ainda pensei "ah deve de ser um problema da maquineta da ourivesaria".

Apesar de ter ficado um pouco aborrecida, acabei por esquecer e só voltei a pensar no assunto quando tentei utiliza-lo novamente e não deu.

Mas "danada" fiquei quando liguei para lá a pedir explicações e a pessoa que me atendeu não foi profissional e nada simpática.

Disse-me que o cartão não tinha sido activado e mesmo quando lhe disse que isso era impossível porque tinha ouvido o meu marido a fazê-lo, continuou a dizer que não. Isto claro depois de ter dito a morada, o numero de BI e sei lá mais o quê. Depois de muita conversa a fulana diz-me " Eu nem devia de estar a falar consigo, pois o seu marido é que é o titular".

Deu-me vontade de a estrangular! Como é que era possível ter alguém assim arrogante a atender os clientes?

Acabei por lhe dizer que ia cancelar os cartões e não é que a "estúpida" me desligou o telefone na cara?

Quando o meu marido chegou eu estava capaz de explodir...

Vou ter de continuar no próximo post, pois o caso não é assim tão fácil.

 

 

 



publicado por momentosdisparatados às 19:07 | link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito


mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

A saga do cartão de credi...

arquivos

Abril 2016

Março 2016

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

tags

2011

2013

a19

abandono

aftas

água

ait

amor

aniversario

aniversário de casamento

aniversario do estaminé

aniversario mãe

anivesário

anivesario

anulação do cartão

arrábida

arrabida

arrendar

artrite reumatóide

aspirina

assalto

assedio

aveiro

avô metralha

banco

batalha

bebés

bijutarias

bipolar

blog

bolinhos

bolo

bookcrossing

bruxo

cabelo

camioneta

campanha

cardiologista

carro

carta

cartão alimentação.

cartão decredito

cartões de credito

casa

cavalete

centro saude

chanel

cheque

cidade

cidade do porto

cigana

cintigrafia

clube da amizade

consulta

deco

destino

divorcios

edp

elaine st. james

electricidade

endoscopia

engano

escapadinhas

exames medicos

ferias

férias

filha

filho

gato

gatos

governo

hospital

idosos

impostos

inspira-me

irs

livros

medicação

medico

medo

milka

mudança

multa

natal

ovelhas

pai

pais

passeio

porto

poupar

republica dominicana

saúde

sinal

sintra

tiróide

trabalho

tunísia

velhotes

vida

vizinhos

todas as tags

favoritos

Vamos, então, por partes

Leilão de eletricidade

Lilica - Cadela solidária

Como fazer novas amizades...

contador de visitas
blogs SAPO
subscrever feeds