Quarta-feira, 15 de Agosto de 2012

Se eu disser que tenho passado as ultimas semanas de papo para o ar, tenho lido alguns livros, tenho levado massagens no pé, visto alguma (bastante) TV, provavelmente dirão que estou feliz...nada mais errado.

 

Têm sido umas semanas terríveis de tédio e de stress.

 

Quando dei mau jeito no pé achei que não seria nada de grave e continuei a trabalhar, mas passado alguns dias não conseguia colocar o pé no chão e acabei por ir ao médico do seguro.

Diagnostico: inflamação nos tendões.

Resultado: fisioterapia e repouso.

Devem de estar confusos quando disse que tenho andado com stress, visto que não tenho feito praticamente nada, mas é por isso mesmo e por saber que esta era a altura pior para ficar em casa.

Saber que estão algumas pessoas de férias no meu local de trabalho e outras de baixa médica deixa-me de consciência pesada, embora sem ter culpa.

 

Mesmo com poucas funcionárias o trabalho tem de ser feito.

Está mais que provado que para ser feliz tenho de trabalhar e de me sentir útil.

 


sinto-me
tags:

publicado por momentosdisparatados às 18:19 | link do post | comentar | favorito

13 comentários:
De Monóloga a 15 de Agosto de 2012 às 20:44
:(
ainda falta muito para terminar essa pausa forçada?
espero que ao menos não tenhas muitas dores...
as melhoras!


De momentosdisparatados a 19 de Agosto de 2012 às 09:57
Até dia 22 estou sem fazer nada...infelizmente.
Boa semana.
Ah,obrigado


De Someone a 15 de Agosto de 2012 às 22:57
Pois é... Talvez o facto de ter forçado andar tenha originado a pausa forçada por mais tempo. E, para seu bem, recomendo que faça mesmo o descanso necessário. Caso contrário poderá arranjar forma te ainda vir a ter mais stress e tédio.
Lembre-se que, se não estiver em condições de trabalhar, nem se ajuda a si nem aos outros.
As suas melhoras e, aproveite o tempo para descontrair e não para se preocupar.
Um abraço


De momentosdisparatados a 19 de Agosto de 2012 às 10:01
Sim eu sei disso, mas eu não fui feita para estar nesta pasmaceira.
Sinto-me muito melhor , embora tenha a noção que ainda não estou boa...a mesma noção tema medica já que na sexta marquei consulta para saber a opinião dela em relação a eu ir experimentar a trabalhar.
Resposta dela "Deixe-se estar sossegadinha e não queira estragar o que já está feito".
Oh vida!
Um abraço


De luadoceu a 16 de Agosto de 2012 às 13:51
devem ser dores horríveis
as melhoras Maria
mas acredito que quem tenha adrenalina no corpo, habituada a trabalhar com idosos,que o stress de não "fazer nada" te custe
mas primeiro a saúde, custa ter uma "baixa medica",mas e melhor assim,temporariamente
as melhoras Maria
beijinhos


De momentosdisparatados a 19 de Agosto de 2012 às 10:02
Agora já não dói quase nada, de inicio sim.
Acredito ou quero acreditar que dia 22 tenho ordem para começar a trabalhar.
Beijinho


De golimix a 17 de Agosto de 2012 às 20:30
E como eu sei o que é estar em casa de pausa forçada! Estive assim 23 meses!!! E o regresso, a meu pedido, e ainda não complemente bem, foi com serviços moderados e horário reduzido. Daí ter surgido o blogue e outras coisas mais que tinha que fazer para a minha cabeça não estourar. Sentir-mo-nos úteis dá sentido ao que somos.

Bjoca e as melhoras. Sem abusos agora, por vezes o que parece simples dá em complicar.


De momentosdisparatados a 19 de Agosto de 2012 às 10:05
23 meses?
Dava em doida...teria de sair de casa directamente para um hospital.
Eu já não sei mais o que fazer...venho ao blog, leio, durmo vou à fisioterapia, vejo TV e pouco mais.
Obrigado.
Bom domingo


De golimix a 19 de Agosto de 2012 às 11:06
O ser humano tem a capacidade de se adaptar as mais diversas situações e dar em doida era uma coisa que eu não podia fazer. Já me bastava a dor que me consumia. A dor crónica que ainda me consome, embora mais controlada, luto contra ela com todas as armas que vou encontrando. Além disso fiquei com imensas limitações físicas que tento colmatar fazendo outras tarefas, dediquei-me às artes, coisa que primeiro não tinha tempo para fazer. E sobretudo reaprendi a viver e a apreciar. Pensamos sempre que não somos capazes mas temos sempre mais forças que as que julgamos.
E andar para a frente com o que temos é uma grande capacidade que temos que aproveitar e dar graças.

Há sobretudo que aproveitar esse descanso, nem que seja forçado, tentar ver o que ele traz de positivo e saborear isso. Bijinhos GRANDES


De alzheimerdepapie a 18 de Agosto de 2012 às 14:12
Olá.

Não te sintas culpada, pois se estivesses no trabalho doente, também não seria bom nem para a tua saúde nem para os outros, visto que estarias "a meio gás" :)

Tenta pensar que estás de férias :)

As melhoras

Beijinhos


De momentosdisparatados a 19 de Agosto de 2012 às 10:06
Pensar que estou de ferias, mas sozinha.
Tédio, tédio e mais tédio .
Bem,tenho de ter paciência.
Beijinho


De nuno a 18 de Agosto de 2012 às 18:58
olá. beijos e as melhoras para si. o repouso é tudo nesses casos, penso eu. bom fim de semana


De momentosdisparatados a 19 de Agosto de 2012 às 10:07
Obrigado, Nuno.
Bom Domingo


Comentar post

mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

México - Férias

Depois de quase 2 anos aq...

Férias

Onde estavas com a cabeça...

IRS

Top Páginas - Ontem (11/0...

IRS e os erros

Os nossos governantes têm...

IRS

Vontade de esganar a ciga...

arquivos

Abril 2016

Março 2016

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

tags

2011

2013

a19

abandono

aftas

água

ait

amor

aniversario

aniversário de casamento

aniversario do estaminé

aniversario mãe

anivesário

anivesario

anulação do cartão

arrábida

arrabida

arrendar

artrite reumatóide

aspirina

assalto

assedio

aveiro

avô metralha

banco

batalha

bebés

bijutarias

bipolar

blog

bolinhos

bolo

bookcrossing

bruxo

cabelo

camioneta

campanha

cardiologista

carro

carta

cartão alimentação.

cartão decredito

cartões de credito

casa

cavalete

centro saude

chanel

cheque

cidade

cidade do porto

cigana

cintigrafia

clube da amizade

consulta

deco

destino

divorcios

edp

elaine st. james

electricidade

endoscopia

engano

escapadinhas

exames medicos

ferias

férias

filha

filho

gato

gatos

governo

hospital

idosos

impostos

inspira-me

irs

livros

medicação

medico

medo

milka

mudança

multa

natal

ovelhas

pai

pais

passeio

porto

poupar

republica dominicana

saúde

sinal

sintra

tiróide

trabalho

tunísia

velhotes

vida

vizinhos

todas as tags

favoritos

Vamos, então, por partes

Leilão de eletricidade

Lilica - Cadela solidária

Como fazer novas amizades...

contador de visitas
blogs SAPO
subscrever feeds