Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012

Este é um blog em que supostamente foi criado para não falar do meu trabalho, mas há excepções, como tal tenho necessidade de partilhar uma triste noticia.

Acabei de saber que faleceu uma utente da Instituição.

Fiz noite e ela foi uma das utente a quem que fiz a higiene.

Estava viva, quando a deixei e acabou por falecer poucas horas depois.

Apesar de serem pessoas idosas e debilitadas, estas noticias deixam-me sempre triste.

Paz à sua alma.


sinto-me
tags:

publicado por momentosdisparatados às 22:20 | link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito

Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

Muitas vezes dou por mim a pensar que deveria estar mais tempo com os meus pais, hoje é um desses dias.

É um dia especial já que a minha mãe faz 78 anos.

Apesar de se queixar das dores das costas, das pernas, que está velha e que não dura muito mais, o que é certo é que parece bem mais nova(é linda) e ainda faz todas as tarefas de casa.

Apesar de falarmos ao telefone de dois em dois dias(por vezes todos os dias), sinto que não chega...que deveria passar mais tempo com eles.

Felizmente que hoje foi dia de folga e assim pude passar parte da tarde com eles.

Numa dada altura em que estavamos a saborear um bolinho feito pela mamã pensei " Bolas" chegamos a velhos e praticamente sozinhos".

Têm outro filho, 4 netos e 2 bisnetos, mas ele está noutro país e os netos...passam bastante tempo sem darem um telefonema.

Apesar de hoje já ter recebido um telefonema do filho e de vários familiares, de eu lhe ter levado uma prenda e do meu pai lhe ter dado um arranjo de flores lindíssimo ela ficaria muito mais feliz se os netos lhe telefonassem.

Claro que irei fazer os possiveis para que isso se concretize...mandarei mensagem a todos eles e ficarei a torcer para que o façam.

Lembro-me de há uns anos, no aniversario dela convidar os meu pais a verem cá a casa jantar, não sabiam é que também tinha convidado os netos.

Quando chegaram e viram a família reunida as lágrimas saltaram, até o meu pai que não é tão emotivo como a minha mãe se emocionou.

Peço a Deus que os mantenham  junto de mim durante muitos anos e com a saúde que ainda têm, apesar de se queixarem.

Não poderia ter uns pais melhores, sei que posso contar sempre com eles para tudo.

 

 

 

 

 

 



publicado por momentosdisparatados às 18:11 | link do post | comentar | ver comentários (39) | favorito

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Nada melhor do que acabar as férias na companhia do maridão a ver o desporto que gosto e conheçer amigas virtuais.

Não sei se já tinha dito mas adoro um desporto que não é muito vulgar as mulheres gostarem, pelo menos aqui na minha zona.

Quando comento com as minhas amigas que vou ver um jogo, elas não compreendem qual a piada de ficar a olhar para varias bolas e vários buracos.

Falo do snooker e do pool( http://pt.wikipedia.org/wiki/Bilhar e http://pt.wikipedia.org/wiki/Snooker).

Infelizmente não nasci com aptidoes para jogar, neste caso tenho de contentar a ver.

Hoje a equipa onde o meu marido joga vai jogar a Coimbra, mais precisamente ao Monumental Bilhar Club.

Quando me refiro ao titulo do post que acho que vai ser um dia especial, não é por ir ver o jogo, mas sim porque me parece que irei conhecer uma amiga virtual...a Lua http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=amizadebasedoamor .

A troca de números de telemóvel já foi feita.

Se assim for será a primeira amiga que irei conhecer. Espero que seja a primeira de muitas.

E o mais fantástico seria aparecerem mais algumas de surpresa, mas isso seria pedir muito.

De qualquer forma aqui fica algo que me pode identificar 

 

 

Bom fim de semana.


tags:

publicado por momentosdisparatados às 10:32 | link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito

Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2012

Hoje, uma conversa com a minha filha(21 anos) fez-me recordar os meus tempos de adolescente e os amores vividos....e sofridos.

Coisas da vida!

Cá em casa sempre houve abertura para se falar de tudo e por isso a minha filha sempre teve um grande à-vontade para desabafar comigo, apesar de algumas vezes parecermos cão e gato.

O desabafo dela era sobre o ex. namorado (recente) e a atração que parecia sentir por outro rapaz. Queria saber a minha opinião e o que devia fazer, pois os dois gostavam dela e ela não queria magoar nenhum.

O que uma mãe poderá dizer  sobre estes assuntos do coração?

- Filha só tu podes decidir o que achas melhor para ti e se depois de escolheres vires que afinal foi uma má escolha...só tens que seguir em frente. A vida é feita de caminhos e escolhas, algumas bem difíceis, mas aprendemos e crescemos com os erros.

-Mas um deles vai sair magoado nesta história...

-Provavelmente, mas nunca fiques com ninguém apenas por pena. Tens a vida toda pela frente...muitas indecisões irás enfrentar, algumas "cabeçadas" irás dar, mas eu estarei sempre aqui para te apoiar.

 


tags:

publicado por momentosdisparatados às 14:20 | link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito

Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012

Não é por ser dia dos namorados que hoje é dia especial para mim, mas sim porque hoje comecei de ferias.

Como tal, acordei bem disposta e resolvi ir até à cabeleireira.

Apesar de ter o cabelo curto, ainda assim tinha demasiado cabelo.

Saí de lá a sentir-me muito bem e muito melhor fiquei quando passei na pastelaria a caminho de casa.

 

Nada melhor do que estes bolinhos de chila e estes queques de leite

          

 para recuperar os 3 quilitos perdidos, graças à medicação que me foi receitada para a depressão.

Deprimida, deprimida ia com toda a certeza ficar se perdesse mais uns quilos!

Confesso: deixei de tomar a medicação e sinto-me muito melhor!

 

 


tags:

publicado por momentosdisparatados às 16:53 | link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito

Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2012

 

 

 

 

Continuado o post que aqui escrevi
http://momentosdisparatados.blogs.sapo.pt/8052.html e como disse naquela altura
estava capaz de explodir.

 

Contei ao meu marido que, claro também ficou indignado.
Infelizmente a profissão (como as coisa estão o melhor será dizer felizmente)
deixa-lhe pouco tempo livre e raramente consegue faltar ao trabalho para tratar
de alguns assuntos. Normalmente e porque tenho um horário que me permite, sou
eu que trato de particamente todos os assuntos.

 

Desta vez teria de ser ele. A única forma encontrada foi ele
telefonar. Dia 25 de Outubro telefonou a explicar a situação e referiu que não
estávamos satisfeitos com o tratamento da tal funcionária, mas especialmente
porque o meu cartão não funcionava e porque pagávamos anuidade quando havia
outras instituições bancárias em que não era necessário pagar anuidade, como
tal queria anular os cartões.

 

A funcionária informou-o que poderiam anular aqueles e
enviarem outros que não tinham anuidade.

 

Para nós as coisas tem de ser documentadas e não pode ser só
de boca, como tal o meu marido pediu para enviarem toda a documentação e então
ai decidia-mos se interessava ou não.

 

Como a resposta dada não agradou ele resolveu manter a ideia
inicial...anular os cartões.

 

Quando ele falou nisso a pessoa que estava ao telefone disse
que ia passar a chamada para outro sector.

 

Esperou, esperou e de repente a chamada caiu.

 

Apesar de estarmos a pagar a chamada e diga-se que já ia em
alguns minutos tentou novamente. Depois de ter explicado novamente a situação e
logo quando disse que era para anular, a "menina" voltou a dizer que
tinha de passar a chamada. Nem teve tempo 
de dizer mais nada.

 

Voltou a esperar, a esperar e ouve uma gravação a dizer
"devido a problemas técnicos vamos a chamada vai ser desligada".

 

Como já estava farto daquela palhaçada resolveu telefonar
mais tarde.

 

Depois de almoço voltou à carga e logo que atenderam ele
perguntou se não poderiam ser elas a ligarem, pois já tinha tentado resolver a
situação várias vezes e a chamada caía sempre. A resposta, como seria de
esperar " não podemos ligar, tem de ser o senhor". Então o meu marido
disse " Nem pense em passar a ligação para lado nenhum e vai ser a senhora
a tratar da situação do cancelamento dos cartões".

 

A fulana nem respondeu e passou logo a ligação e
claro...esperou, esperou e mais uma vez a vozinha diz " devido a problemas
técnicos a chamada vai ser desligada".

 

Se eu na altura estava capaz de explodir, ele não estava
nada melhor...apesar de ser uma pessoa muito calma.

 

Decidimos que como não conseguíamos tratar do assunto pelo
telefone o melhor era ir directamente ao banco. Ficou decidido que iria eu,
para ele não ter de faltar ao trabalho e achávamos que bastava trazer algum
documento para o meu marido pedir o cancelamento e a coisa ficava tratada.

 

Nada mais errado!

 

Segundo o funcionário do banco apesar do cartão ter o nome
do banco não era propriamente do banco...eram coisas distintas.

 

Fiquei completamente confusa.

 

Depois de eu explicar a situação, foi ver o que se passava
com o meu cartão. Então não é que estava activo?

 

Não percebia nada...as vezes que tinha tentado utiliza-lo
não tinha conseguido, depois a primeira fulana diz-me que não estava activo e
agora este diz-me que afinal estava a funcionar?

 

Aconselhou que fosse o meu marido a ir ao banco e ele
colocava-o em contacto à linha dos cartões de crédito, o que queria dizer que
não gastávamos mais dinheiro em chamadas e claro não havia o risco da chamada
ser desligada cair.

 

Entretanto chegou a anuidade para ser paga (24.94
Euros)   

 

Como ele não tinha conseguido ir ao banco antes da data de
pagar a anuidade achei melhor pagar o mínimo (9 euros), pois não queria ter
problemas jurídicos.

 

Finalmente conseguiu deslocar-se à Instituição bancária e o
funcionário colocou-o ao telefone com a linha dos cartões.
"Desbobinou" tudinho onde mostrou toda a indignação. Disse também que
não fazia pretensões de pagar o resto da anuidade uma vez que os estava anular
e ia deixar os cartões no banco.

 

Finalmente estávamos livres dos ditos cujos, mas o que é
certo é que eu não estava nada descansada por ter o resto da quantia para
pagar. Até sonhei que tinha ido a tribunal devido a isso.

 

Resultado...acabei por pagar, apesar do meu marido ser
contra.

 

Ainda achei que viria um pedido de desculpas e a devolução
do dinheiro...só eu, para pensar nisto!



publicado por momentosdisparatados às 15:54 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

Adorei abrir a janela e ver um sol magnifico...verificar que afinal não está frio e pensar que entretanto(mesmo que não seja verdade) o calor está por cá. 

Estou com energia, bem disposta e tranquila...imagens como estas fazem-me bem:

 

 

 

 

 

Apesar de viver numa das principais avenidas da cidade, num dos lados tenho esta magnifica vista. Uma quinta enorme com imensos animais.

Já nasceram os 3 primeiros filhotes de muitas ovelhas, isto a imaginar que será como o ano passado.

Brevemente(desejo que sim), as arvores estarão floridas, tudo estará verde e a"bicharada" multiplica-se.

E já que a dona estava bem disposta o Snoo resolveu brincar às escondidas.

Nada melhor do que a caixa do novo grelhador!

São coisas simples como estas que me fazem bem, que me fazem sorrir!

Ah, e já agora fiquem a saber que cá em casa já se procura destino para as ferias.

Que se lixe a crise!!!

 

Nota: Infelizmente e não sei porque apenas aparece metade das fotos, mas se clicarem em cima da foto ela vai ficar visivel na totalidade.

 

 


sinto-me
tags: ,

publicado por momentosdisparatados às 12:32 | link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito

Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2012

 Hoje e devido às novas modernices do Facebook estive a teclar com um primo que já não estamos juntos desde um encontro de família feito em Outubro de 2010.

Estivemos imenso tempo a teclar e foi muito agradavel...ficamos a saber coisas engraçadas um do outro, falamos da familia, dos afastamentos, etc.

Acabei por descobrir que também tem um blog. Contei-lhe sobre o meu antigo blog e no post que tinha feito sobre o encontro da família...prometi-lhe que iria copiar o post e coloca-lo aqui, para que o pudesse ler.

Aqui fica o prometido:

 

 

Resultado da grande aventura de ontem!

 

 

Como vos disse no meu ultimo post, estava muito ansiosa,
pois não sabia como iria correr o dito almoço.

 

Ainda, por cima estava um temporal dos diabos

 

Mas valeu realmente a pena passar por todo o stress.

 

Por incrível que pareça, o pessoal apareceu quase todo a
horas.

 

Sempre que chegava alguém, eu tentava adivinhar quem era.

 

E só agora é que me apercebo que tenho mais primos do que
primas.

 

Os homens estão todos mais gordos e parte das primas não
apareceram, apesar de terem dado a resposta positiva. Porque será?

 

Será que é porque nós mulheres temos mais complexos do que
os homens (estou a referir-me à aparência) e que elas tenham mudado tanto que não
aceitem bem esta mudança?

 

Tirando esse percalço, foi muito emocionante. As
lagrimazitas ainda quiseram romper, também piegas como sou, não e de admirar.

 

As pessoas quando chegavam, colocavam um autocolante com o
nome, se não, seria difícil identifica-las.

 

Não se falou dos conflitos do passado e esse era o meu medo.

 

O primo que teve a ideia inicial, fez uma árvore genealógica
com fotos de toda a família, desde criança até adultos e passou-as num
projector.

 

Claro que essa parte mexeu com as pessoas.

 

Ver fotos dos meus avós, que já faleceram há tantos anos,
foi gratificante.

 

Engraçado, eu nunca tinha visto uma foto do meu pai quando
era pequeno e vê-lo ali foi giríssimo.

 

Estão a imaginar ver fotos com as pessoas vestidas há 70
anos.

 

E eu linda e maravilhosa com o meu sapatinho de verniz,
soquete branco e nini saia! Tinha uns 4 anitos.

 

Claro que para ele fazer esse trabalho, que lhe roubou
muitas horas, a família colaborou. Todos arranjaram fotos diferentes.

 

Também foi uma sobrinha minha que já não via há uns12 anos.
Com o divórcio do meu irmão com a mãe dela deu-se o afastamento e o facto de
viverem longe não facilita.

 

E já que falei do meu irmão tenho de referir que não foi.

 

É uma pessoa com um feitio bem especial, daquelas que acha
que não precisa de ninguém. E quando o convidei, respondeu-me "com deves
imaginar, não me interessa nada essas coisas".

 

Paciência, ele é que ficou a perder. Poderia ver a filha,
que não vê há muitos anos.

 

Tem 22 anos e adorei revê-la e aperceber-me de que tem as
ideias no lugar e com objectivos bem definidos.

 

Foi um dia espectacular e como tal não quero voltar a perder
o contacto da família.

 

Acreditem, tirei um peso de cima!

 

 



publicado por momentosdisparatados às 23:37 | link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

 

Este assunto http://momentosdisparatados.blogs.sapo.pt/7169.html está tratado, ou melhor ainda me encontro à espera do reembolso, mas pelo menos deram-me resposta Agora falta tratar do cartão de crédito que aqui http://momentosdisparatados.blogs.sapo.pt/6362.html falei.

Durante anos não tivemos nenhum cartão de credito, mas numa dada altura o meu marido teve um acidente com o carro e precisamos de carro de substituição. Depois de tudo tratado com o seguro, lá nos disseram onde nos devíamos deslocar para ir buscar o carro. Como o meu marido não tinha sido o culpado do acidente achei que era apenas chegar e trazer o carro. Afinal não era assim tão simples.

Pediram-nos o número do cartão de credito, se bem me lembro, pois já foi há cerca de 13 anos era tipo caução...uma segurança para a empresa que emprestava o carro.

O que é certo é que não tínhamos nenhum e por mais que "puxe" pela cabeça não sei como resolvemos o problema. Acabamos por ter o carro o tempo suficiente até o nosso estar arranjado.

Esta situação fez-nos decidir tratar de arranjar um desses cartões. Lembro-me que passado algum tempo e por coincidência fomos abordados num centro comercial para aderir a um determinado cartão. Assim foi e durante anos apesar de não usarmos com frequência quando o usávamos nunca tivemos problemas

Para mim o único problema era a anuidade, apesar de não ser muito, sempre que chegava a Janeiro lá vinha essa conta.

Passado vários anos recebemos uma carta de outra Instituição bancária a comunicar que tinham comprado a antiga Instituição mas que tudo ficaria na mesma e que entretanto mandariam os novos cartões.

Os novos cartões chegaram assim como os novos códigos e as informações para serem activados. Logo ali, não gostei nada, pois tínhamos de ser nós a telefonar o que queria dizer...gastar dinheiro.

Os cartões foram activados e segundo eles tudo estaria a funcionar.

Na altura do Natal decidi utilizar o meu para comprar a prenda do meu marido. Não queria utilizar a nossa conta, pois ia ser uma surpresa e apesar do dinheiro ser dos dois, pelo menos ia demorar umas semanas até saber que eu já lhe tinha comprado a prenda. Quer dizer...assim queria eu!

Marquei OK OK e nada, tentei novamente e nada. Marquei o código e nada. Acabei por ter de utilizar o cartão de debito da nossa conta.

Ainda pensei "ah deve de ser um problema da maquineta da ourivesaria".

Apesar de ter ficado um pouco aborrecida, acabei por esquecer e só voltei a pensar no assunto quando tentei utiliza-lo novamente e não deu.

Mas "danada" fiquei quando liguei para lá a pedir explicações e a pessoa que me atendeu não foi profissional e nada simpática.

Disse-me que o cartão não tinha sido activado e mesmo quando lhe disse que isso era impossível porque tinha ouvido o meu marido a fazê-lo, continuou a dizer que não. Isto claro depois de ter dito a morada, o numero de BI e sei lá mais o quê. Depois de muita conversa a fulana diz-me " Eu nem devia de estar a falar consigo, pois o seu marido é que é o titular".

Deu-me vontade de a estrangular! Como é que era possível ter alguém assim arrogante a atender os clientes?

Acabei por lhe dizer que ia cancelar os cartões e não é que a "estúpida" me desligou o telefone na cara?

Quando o meu marido chegou eu estava capaz de explodir...

Vou ter de continuar no próximo post, pois o caso não é assim tão fácil.

 

 

 



publicado por momentosdisparatados às 19:07 | link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

México - Férias

Depois de quase 2 anos aq...

Férias

Onde estavas com a cabeça...

IRS

Top Páginas - Ontem (11/0...

IRS e os erros

Os nossos governantes têm...

IRS

Vontade de esganar a ciga...

arquivos

Abril 2016

Março 2016

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

tags

2011

2013

a19

abandono

aftas

água

ait

amor

aniversario

aniversário de casamento

aniversario do estaminé

aniversario mãe

anivesário

anivesario

anulação do cartão

arrábida

arrabida

arrendar

artrite reumatóide

aspirina

assalto

assedio

aveiro

avô metralha

banco

batalha

bebés

bijutarias

bipolar

blog

bolinhos

bolo

bookcrossing

bruxo

cabelo

camioneta

campanha

cardiologista

carro

carta

cartão alimentação.

cartão decredito

cartões de credito

casa

cavalete

centro saude

chanel

cheque

cidade

cidade do porto

cigana

cintigrafia

clube da amizade

consulta

deco

destino

divorcios

edp

elaine st. james

electricidade

endoscopia

engano

escapadinhas

exames medicos

ferias

férias

filha

filho

gato

gatos

governo

hospital

idosos

impostos

inspira-me

irs

livros

medicação

medico

medo

milka

mudança

multa

natal

ovelhas

pai

pais

passeio

porto

poupar

republica dominicana

saúde

sinal

sintra

tiróide

trabalho

tunísia

velhotes

vida

vizinhos

todas as tags

favoritos

Vamos, então, por partes

Leilão de eletricidade

Lilica - Cadela solidária

Como fazer novas amizades...

contador de visitas
blogs SAPO
subscrever feeds