Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Não é à toa que os homens dizem que não compreendem as mulher, pois nem eu me compreendo a mim própria!

Uns dias adoro-o outros detesto-o.

Não, não estou a falar do meu marido. Felizmente continuo a ama-lo da mesma forma de quando nos conhecemos.

Pois bem, falo do meu cabelo.

Desde que o cortei curtinho, nunca  mais o consegui deixar crescer. E acreditem que durante vários anos tenho tentado, mas quando ele passa as orelhas, começa o inferno e lá vou eu corta-lo.

Sempre fui "picuinhas" com ele e tem de estar impecável (para mim, claro). Normalmente uso-o despenteado na parte de trás com a ajuda de gel, mas do comprimento que está isso é impossível. O que quer dizer que quando me levanto e olho a minha "fronha" no espelho fico enervadíssima.

Todas as vezes que vou à cabeleireira digo sempre "agora é para deixar crescer". Felizmente que o narz não cresce, como o do pinoquio tal é a mentira.

 Já cheguei a dizer a cabeleireira para se recusar a cortar-me o cabelo, mas até à data nem ela tem coragem de perder uma cliente(iria corta-lo a outro lado), nem eu tenho cumprido a promessa de o deixar crescer. 

Durante toda a semana passada dei desculpas a mim mesma para não ir ao salão. Uns dias não podia porque o horário não permitia e outros porque estava frio e não apetecia sair de casa, mas acreditem que quando me lembrava do estado dele dava-me vontade de me enfiar num buraco.

Ontem saí ás 8 da manhã e tinha jurado a mim mesma que hoje, já que é dia de folga o cabelo não escapava do corte.

Então não é que hoje acordo com o cabelo lindo e maravilhoso?

Seria bom que ele continuasse assim, mas certamente amanhã irei acordar com ele horrível! 

Oh vida difícil!

 


tags:

publicado por momentosdisparatados às 11:35 | link do post | comentar | favorito

21 comentários:
De Fátima Soares a 15 de Novembro de 2011 às 12:19
Olá amiga bom dia já me fizeste rir eu que fiz uma permanente há coisa de 1 mês para ele ter mais volume e agora parece que tem vida própria. Um grande abraço um beijinho tudo de bom!


De momentosdisparatados a 17 de Novembro de 2011 às 08:51
O meu é tão liso que eu preciso urgentemente fazer uma ondulação.
"Raio" do cabelo!
Beijinho


De Francisco a 15 de Novembro de 2011 às 12:56
Pois, não é mesmo à toa que não entendemos as mulheres. Mas, se elas mesmo não se entendem, está explicado.
Também há homens que se preocupam com o seu visual capilar, quando o têm, claro. Haverá até aqueles que desesperam também.
Não serei eu um desses pois levanto-me com o mesmo penteado que me deito e, com uma ligeira variação de alguns milímetros de comprimento, o cabelo mantém sempre o mesmo "design" desde há muitos anos. A grande vantagem de fazer sempre um corte de máquina e... bem curto.
Vida difícil? Não. "Descompliquem"!!!...


De momentosdisparatados a 17 de Novembro de 2011 às 08:52
Por vezes até tenho pena do marido . Tem de aturar cada coisa!
Eu até gostaria de "descomplicar" mas em relação ao cabelo não será facil.
Coisas de mulher!
Boa semana


De Francisco a 17 de Novembro de 2011 às 09:47
Realmente, nós, maridos, aturamos muita coisa. Mas, "aturamos" porque sentimos que "elas", as mulheres, merecem isso...
Pronto, já disse o que não devia dizer.


De Rosinda a 15 de Novembro de 2011 às 14:10
Diz-se que; Uma mulher com o cabelo arranjado e uns bons sapatos, estará sempre impecável...
Pois sim... eu então com o cabelo encaracolado e rebelde, os pés enfiados em qualquer sapato que seja muito confortável, bem... nunca estou impecével!
Ainda bem que não dou demasiada importância . Mas sempre tive o cabelo comprido, só há pouco tive coragem de o cortar pelos ombros.
Vais ver que são os teus olhos e o teu estado de espírito que te fazem ver de forma diferente!
Amanhã acordarás outra vez, linda e maravilhosa...
Beijinho
Rosinda


De momentosdisparatados a 16 de Novembro de 2011 às 14:33
Antes fossem os meus olhos. O "raio" do cabelo deixa-me doidinha de toda. Beijinho


De angelasoeiro a 15 de Novembro de 2011 às 15:59
:)
Aproveita o Good hair day
Eu na loucura alterei a cor e o corte na semana passada... se arrependimento matasse


De momentosdisparatados a 16 de Novembro de 2011 às 14:29
Hoje já acordei com ele indumavel.
Quanto à cor, nem te digo, já tive o cabelo de muitas cores. Castanho, preto, preto azulado, cor de ameixa, acobreado e agora estão louro. Isso é fácil , agora deixar crescer...
Beijinho


De angelasoeiro a 16 de Novembro de 2011 às 14:47
Pois também eu.. o meu estava loirinho e eu até que gostava... agora está castanho avelã...
Não sei, acho que gostava do loiro, lol


De momentosdisparatados a 16 de Novembro de 2011 às 14:31
Quis dizer "indomável"


De Fátima Bento a 15 de Novembro de 2011 às 19:17
olha, eu não tenho o teu email, manda-me um mail que eu queria dar-te uma dica mas não publicamente... fatima_bento@sapo.pt
Beijos grandes!


De momentosdisparatados a 15 de Novembro de 2011 às 20:39
Vou enviar


De Marta M a 15 de Novembro de 2011 às 21:21
Amiga.
Como já li por aqui e reitero: O meu cabelo faz literalmente o que quer :)
Por isso uso sempre recto, a bater no ombro, no tamanho em que eu e ele nos conseguimos entender :))
Abraço
Marta M


De momentosdisparatados a 16 de Novembro de 2011 às 14:26
Pois Marta o problema é conseguir que ele passe as orelhas.
A ideia é fazer uma ondulação ligueira. Nunca estamos bem com aquilo quetemos, não é?
Beijinho


De blogando-me1 a 16 de Novembro de 2011 às 13:56
Até há uns anos atras usei sempre o cabelo muito curto, depois decidi deixar crescer. Geralmente uso esticado e se há um dia que dou mais voltas na cama e acordo com ele impossivel, o remédio é meter a cabeça debaixo de água..... mas o bom é que tenho o cabelo encarcolado e um pouco de espuma faz milagres.... as pessoas pensam que tenho permanente, mas não é ele mesmo assim ..... Manda-me o teu mail para te mandar os gatos....

Bjs fofos


De momentosdisparatados a 16 de Novembro de 2011 às 14:24
Nunca estamos satisfeitas com o que temos. Eu tenho-o liso e adorava ter caracóis É precisamente para fazer uma ondulação que preciso de o deixar crescer. Vamos ver se sou persistente . Já mandei o email . beijinho


De blogando-me1 a 16 de Novembro de 2011 às 18:14
Para onde? fernanda.mota66@gmail.com, o meu é este.

Bjs fofos


De momentosdisparatados a 17 de Novembro de 2011 às 08:54
Agora acho que foi para o sitio certo. Beijinho


De DyDa/Flordeliz a 17 de Novembro de 2011 às 11:08
Devias ter a minha cabeleireira.
Eu mando cortar, ela responde: Ganhe juízo!
E eu - Ganho!

Ainda bem que não me faz as vontades por impulso.
Se não, só saia asneirada.




De momentosdisparatados a 22 de Novembro de 2011 às 09:11
Mas a minha sabe que quando estou "naqueles dias" e meto na cabeça que tenho de o cortar não há volta a dar. Se não for ela será outra qualquer.
Ainda vou resistinho...não sei até quando...
Beijinho


Comentar post

mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

México - Férias

Depois de quase 2 anos aq...

Férias

Onde estavas com a cabeça...

IRS

Top Páginas - Ontem (11/0...

IRS e os erros

Os nossos governantes têm...

IRS

Vontade de esganar a ciga...

arquivos

Abril 2016

Março 2016

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

tags

2011

2013

a19

abandono

aftas

água

ait

amor

aniversario

aniversário de casamento

aniversario do estaminé

aniversario mãe

anivesário

anivesario

anulação do cartão

arrábida

arrabida

arrendar

artrite reumatóide

aspirina

assalto

assedio

aveiro

avô metralha

banco

batalha

bebés

bijutarias

bipolar

blog

bolinhos

bolo

bookcrossing

bruxo

cabelo

camioneta

campanha

cardiologista

carro

carta

cartão alimentação.

cartão decredito

cartões de credito

casa

cavalete

centro saude

chanel

cheque

cidade

cidade do porto

cigana

cintigrafia

clube da amizade

consulta

deco

destino

divorcios

edp

elaine st. james

electricidade

endoscopia

engano

escapadinhas

exames medicos

ferias

férias

filha

filho

gato

gatos

governo

hospital

idosos

impostos

inspira-me

irs

livros

medicação

medico

medo

milka

mudança

multa

natal

ovelhas

pai

pais

passeio

porto

poupar

republica dominicana

saúde

sinal

sintra

tiróide

trabalho

tunísia

velhotes

vida

vizinhos

todas as tags

favoritos

Vamos, então, por partes

Leilão de eletricidade

Lilica - Cadela solidária

Como fazer novas amizades...

contador de visitas
blogs SAPO
subscrever feeds