Terça-feira, 13 de Março de 2012

Embora tenha carro, por vezes tenho de o dividir com a minha filha e quando necessito de ir para o trabalho uso os transportes públicos.

Ontem foi isso que aconteceu.

Na mesma paragem que eu, entra uma velhota e pergunta ao motorista onde era uma determinada paragem, pois a filha vivia perto do Lar.

Digo-lhe que vou para lá e que se quisesse eu acompanhava-a.

O facto de eu dizer que ia para o Lar levou os vários velhotes que iam na camioneta a perguntarem se eu trabalhava no Lar.

Nada que me incomodasse já que tenho imenso orgulho da minha profissão. E ainda mais gosto de ver a cara de admiração das pessoas quando olham para mim, quando o afirmo.

Foi conversa para toda a viagem.

Chegou a altura de descermos da camioneta. Como a senhora trazia um grande saco pergunto-lhe se não queria que eu o levasse.

A resposta dela foi surpreendente "não muito obrigado, é que levo aqui muito ouro e muito dinheiro".

Fiquei sem palavras...

Felizmente para a senhora que eu era uma pessoa séria!

Contou-me também que estava cá na cidade em visita da filha.

Chegou sã e salva ao seu destino. 

 


tags:

publicado por momentosdisparatados às 07:20 | link do post | comentar | favorito

26 comentários:
De eu ando às voltas a 13 de Março de 2012 às 08:17
Realmente os velhos são impressionantes, e depois aindo nos surpreendemo-nos de serem assaltados e de ficarem sem valores fora do normal nessa situação. O que ela se arriscou.


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 20:56
Arriscou mesmo. Eu fiquei sem palavras, apesar de saber que por vezes os velhotes são assim. Beijinho


De eu ando às voltas a 18 de Março de 2012 às 15:49
Sabes, estou a perceber, devido ao avançar da idade de alguma pessoas que me rodeiam, que quanto mais velhos estão mas nós andamos a varrer a asneiras que fazem. Começam a parecer crianças a fazer asneiras atrás de asneiras, e nós por obrigação, dever a resolvê-las tal como eles resolveram as nossas.


De Lynce a 13 de Março de 2012 às 10:12
Teve sorte. Se algum boiolas estivesse por perto a ouvir a conversa, lá se ia o graveto e o ouro...
É exactamente dessa falta de discernimento, própria da velhice, que eu tenho medo. Se lá chegar, obviamente.


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 20:58
Eu estava ansiosa para a velhota chegar a casa e mais o saco não era meu.
Bom fim de semana


De luadoceu a 13 de Março de 2012 às 12:52
Mesmo sabendo que tinha peso,gosta de se sentir autónoma, mas como ia bem acompanhada, tu não deixavas que nada lhe acontecesse
Fixe e chegou em bem,assim e que é e ficaste descansada tb...))
Beijinhos


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 20:59
pois mas se aparecessem uns ladroes aqui a menina provavelmente ficaria sem reação.
Eu estava ansiosa para ela chegar. Beijinho


De Margot a 13 de Março de 2012 às 16:14
Ahahaha! Pois, realmente... Como se sendo ela a levar o saco, tu se quisesses já não lho roubavas!! Coitados dos velhotes. :-)


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 21:00
pois, bastava dar-lhe um encontrão e lá se ia tudo. Beijinho


De pingodemel a 13 de Março de 2012 às 17:57
realmente ... como veio a viagem toda na conversa apercebeu-se que eras uma pessoa séria :)

beijoca


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 21:01
Mas há ladrões bem falantes...disso ela não se lembrou. Beijinho


De golimix a 13 de Março de 2012 às 18:45
Meus Deus!!
Por essa não estava à espera certamente...

Bjs e boa semana ;)


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 21:02
Eu fiquei nervosa quando ela disse isso.
Felizmente chegou sã e salva. Beijinho


De Someone a 13 de Março de 2012 às 23:48
Como os nossos cidadãos mais idosos partilham a sua vida...? Não me é estranho essa atitude com a qual me deparo várias vezes. Desde pedirem-me para digitar o código do MB até contarem-me a história da sua vida, já tudo me aconteceu. E, quantas vezes avisei que não deviam fazer aquilo pois não sabiam com quem estavam a falar e podia ser alguém que lhes queria mal. Uma vez ouvi uma resposta que me deixou muito embaraçado. Uma senhora pediu-me para não sair do multibanco. Depois, pediu-me para marcar o código dela. Eu estupefacto, disse-lhe que não devia fazer aquilo, nunca. Ela respondeu-me assim: Ah, mas você pensa que eu não sei? Mas olhei para si e tinha cara de boa pessoa...
Fiquei sem palavras e a pensar se tinha algum letreiro escrito na testa ou nas costas. Não, não tinha. Mas que havia de responder à senhora? Enfim, fiz o que ela pedia e pedi-lhe, por tudo, que não fizesse aquilo que acabara de fazer. Mas ela limitou-se a sorrir...
Sim os "velhotes" são, por vezes, um espectáculo. A sua inocência apenas se pode comparar à de uma criança. E, por mim, ai daquele que não respeite essa inocência e candura própria da idade avançada.
Um abraço


De momentosdisparatados a 16 de Março de 2012 às 21:07
Essa do código nunca me aconteceu.
Por mais que sejam avisados para terem cuidado e não confiarem cegamente nas pessoas eles continuam a fazer o contrario.
Abrimos a TV e é o prato do dia. Beijinho


De alzheimerdepapie a 14 de Março de 2012 às 08:09
Realmente é impressionante. Os velhotes não têm mesmo a noção do perigo,mas certamente percebeu que estava com uma pessoa de confiança :)
Por vezes telefonam para casa dos meus pais a quererem vendar alguma coisa e a minha põe-se a contar da vida deles...estou sempre a dizer p/ não o fazer...


De momentosdisparatados a 19 de Março de 2012 às 10:33
Nessa questão dos telefonemas a minha mãe faz exactamente o mesmo. Apesar de estar sempre a alerta-la.
Beijinho


De miilay a 14 de Março de 2012 às 15:54
Olá Amiga, realmente os velhotes são como as crianças quanto mais se lhe diz para não fazerem ou contarem é quando elas o fazem! Valha-nos ,neste caso estavas lá tu.
Beijinho
miilay


De momentosdisparatados a 19 de Março de 2012 às 10:34
Sim estava lá eu,mas eu poderia ser uma ladra.
Felizmente a velhota chegou segura a casa.
Beijinho


De Miss Pepper a 14 de Março de 2012 às 20:58
Credo! Estas pessoas ainda são ingénuas e dizem coisas destas... Ainda bem que tu não eras uma assaltante de velhotes senão tinha-te saído o totoloto e a mulherzita ficava sem nada!

Beijocas


De momentosdisparatados a 19 de Março de 2012 às 10:35
Eu naquela altura preferia não estar ali com ela.Imagina que iamos no caminho e ela era assaltada?
Felizmente que a coisa correu bem. Beijinho


Comentar post

mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

México - Férias

Depois de quase 2 anos aq...

Férias

Onde estavas com a cabeça...

IRS

Top Páginas - Ontem (11/0...

IRS e os erros

Os nossos governantes têm...

IRS

Vontade de esganar a ciga...

arquivos

Abril 2016

Março 2016

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

tags

2011

2013

a19

abandono

aftas

água

ait

amor

aniversario

aniversário de casamento

aniversario do estaminé

aniversario mãe

anivesário

anivesario

anulação do cartão

arrábida

arrabida

arrendar

artrite reumatóide

aspirina

assalto

assedio

aveiro

avô metralha

banco

batalha

bebés

bijutarias

bipolar

blog

bolinhos

bolo

bookcrossing

bruxo

cabelo

camioneta

campanha

cardiologista

carro

carta

cartão alimentação.

cartão decredito

cartões de credito

casa

cavalete

centro saude

chanel

cheque

cidade

cidade do porto

cigana

cintigrafia

clube da amizade

consulta

deco

destino

divorcios

edp

elaine st. james

electricidade

endoscopia

engano

escapadinhas

exames medicos

ferias

férias

filha

filho

gato

gatos

governo

hospital

idosos

impostos

inspira-me

irs

livros

medicação

medico

medo

milka

mudança

multa

natal

ovelhas

pai

pais

passeio

porto

poupar

republica dominicana

saúde

sinal

sintra

tiróide

trabalho

tunísia

velhotes

vida

vizinhos

todas as tags

favoritos

Vamos, então, por partes

Leilão de eletricidade

Lilica - Cadela solidária

Como fazer novas amizades...

contador de visitas
blogs SAPO
subscrever feeds